#MulheresQueImpactam

Aung San Suu Kyi

Aung San Suu Kyi é uma representante e ativista política birmanesa! Filha de Aung San, homem considerado fundador da Birmânia moderna e responsável pelo processo de descolonização do país, ela teve acesso à educação de altíssima qualidade. Estudou nas melhores escolas de Rangún, antiga capital do estado, e também estudou na Universidade de Deli, na Índia, e nas Universidades de Oxford e Londres, na Inglaterra.

Suu Kyi trabalhou na ONU em Nova York durante muito tempo. Retornou ao seu país em 1988 para cuidar de sua mãe, que se encontrava muito doente, e lá se envolveu com o movimento democrático da Birmânia. O país era dominado por uma junta militar que promovia perseguições políticas e foi responsável pelo esfacelamento de sua economia. Ela fundou o partido Liga Nacional Pela Democracia (LND).

Por conta de seu envolvimento político na Birmânia, Suu Kyi foi presa pela junta militar em 1989 e passou 21 anos presa, sendo libertada apenas em 2010 😱. Sua luta contra a ditadura era caracterizada pelo movimento pacífico de desobediência. Por conta disso, ela recebeu o Prêmio Nobel da Paz enquanto ainda estava presa, o qual seus filhos tiveram que receber por ela, por conta de seu confinamento.

Hoje, Suu Kyi é presidente da Birmânia, e líder responsável pela reabertura e retomada gradual do processo democrático no país!

Contudo, vale lembrar que desde o ano passado, ela vem sendo questionada pela comunidade internacional por indícios de genocídio do povo rohinhya na fronteira com Bangladesh. Sua postura passiva e negação é algo que deve ser alertado. Esperamos mais informações e esperamos que Suu Kyi reinvista nos passos da luta democrática, com a garantia dos direitos humanos a todos os povos.

#Informação #Suporte #União #Birmânia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *